Vídeo em Destaque
Conheça Melhor a
  • Lan House e sua História

     

    A LAN House começou como uma opção de entretenimento inicialmente introduzida e difundida na Coréia do Sul em 1996.

    Seguindo a origem do nome (LAN vem do inglês Local Area Network) era uma casa de jogos em rede, instalada em um ambiente com ar-condicionado e poltronas confortáveis, é a versão "hi-tech" do velho fliperama. Nesse local, mais de 20 jogadores se divertiam com as últimas novidades do ramo de jogos, todos conectados em rede em um único ambiente virtual.

     

    O embrião das LAN Houses foram as LAN Parties, uma prática iniciada em 1995 nos EUA, principalmente nos estados da Califórnia e Texas. LAN é a sigla para Local Area Network, ou Rede Local - uma ligação em série de computadores para trocar informações (só que em vez de enviar saldos bancários e arquivos de texto, os fios trocam informações sobre munição e movimentos dos personagens de games). As LAN Parties são eventos nos quais muitos jogadores alugam um espaço e trazem seus computadores para longos campeonatos ininterruptos de jogos. Já a LAN House é um estabelecimento comercial que conta com os próprios computadores configurados e com seus games instalados: o consumidor chega quando quiser e paga pela hora de jogo.

     

    As primeiras LAN Houses surgiram no Brasil no final de 1998, quando o empresário brasileiro Sunami Chun voltou de uma viagem à Coréia do Sul e trouxe a idéia para São Paulo e fundou a Monkey, hoje extinta, mas que chegou a ser a maior rede de Lans no País, com mais de 50 lojas.

     

    Um título em específico ajudou a febre das LAN Houses a se disseminar: "Counter-Strike". O game foi lançado como uma adição gratuita de "Half-Life", e em vez de colocar jogadores no papel de fuzileiros espaciais lutando contra demônios com bazucas de plasma, ele se inspira de maneira bastante realista em batalhas entre terroristas e policiais. Essa aproximação realista, somada à necessidade de estratégia e trabalho em equipe ajudou o game a crescer em popularidade com muita rapidez. E como é impossível jogar sozinho, ele foi uma combinação perfeita para as LAN Houses.

     

    Hoje a Lan House é um estabelecimento comercial onde, à semelhança de um cyber café, as pessoas pagam uma taxa proporcional para utilizar um computador com acesso à internet e a uma rede local, com o principal fim de acessar à informação rápida pela rede, soluções de escritórios , trabalho, estudo, sites de relacionamento e entretenimento através dos jogos em rede ou online.

     

    Mais do que uma casa de jogos (como era no início), hoje uma Lan House bem estruturada tem papel fundamental na sociedade, pois oferece o acesso ao mundo da tecnologia de forma democrática. Trata-se de um local que propicia lazer, oportunidades, educação e cultura a pessoas de todas as idades.

     

    A Lan House hoje também é uma poderosa ferramenta no processo de inclusão digital, tendo em vista os dados levantados pelo Comitê Gestor de Internet no Brasil. De acordo com o CGI.br, em 2007 as Lan Houses foram responsáveis por cerca de 49% dos acessos à internet no país, nas regiões Norte e Nordeste, o índice é mais expressivo, chegando a quase 70% dos acessos, a maioria das classe C, D e E. Ela cria oportunidades de inclusão aos menos favorecidos no mundo da tecnologia.

     


    Já o Cyber Café começou na Europa. Os primeiros Cyber Cafés foram abertos em Londres em 1994. O primeiro de todos foi o Café Cyberia, que iniciou suas atividades em 1 de setembro daquele ano.

    Da mesma maneira que foi lançado, ele ainda é um local que, podendo funcionar também como pub ou lanchonete, oferece a seus clientes acesso à internet, mediante o pagamento de uma taxa, usualmente cobrada por hora. Neste local as pessoas podem também se reunir com a finalidade de realizar pesquisas escolares e utilizar o ambiente para estudar.

     

    Hoje em dia os Cyber Cafés e as LAN Houses usam de um conceito muito semelhante. Por isso são muito confundidos uns com os outros.

     

    As LAN Houses e Cyber Cafés começaram a se organizar recentemente no formato de uma associação em busca de uma legislação para regulamentar o negócio. Com isso, surgiu a Associação Brasileira de Centros de Inclusão Digital (ABCID), que certifica a idoneidade das LAN Houses perante órgãos públicos e seus clientes.

     

Conectar-se

Esqueci minha senha
 
 
Ou
 
Compartilhe
Twitter Facebook MySpace Google E-Mail Favoritos
Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Votação

Qual o preço que você considera JUSTO para sua Lan cobrar?

9% 9% [ 145 ]
41% 41% [ 633 ]
38% 38% [ 573 ]
8% 8% [ 123 ]
3% 3% [ 53 ]

Total dos votos : 1527

Estatísticas
Temos 4056 usuários registrados
O último usuário registrado atende pelo nome de Beto Lan House

Os nossos membros postaram um total de 3058 mensagens em 1117 assuntos