Empresa japonesa testa internet via rede elétrica no Brasil

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

30082008

Mensagem 

Empresa japonesa testa internet via rede elétrica no Brasil




Modens com essa tecnologia estão sendo usados em Barreirinhas (MA).
Conexão é de 200 Mbps, contra até 30 Mbps da banda larga no país.


A empresa japonesa Panasonic está de olho na regulamentação do serviço
de banda larga pela rede elétrica no mercado brasileiro. A companhia
trouxe seus modems para conexão pela tecnologia Power Line
Communication (PLC) e está testando o serviço em Barreirinhas (MA), em
parceria com a Associação de Empresas Proprietárias de Infra-estrutura
e Sistemas Privados de Telecomunicações (Aptel).

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) colocou em consulta
pública nesta semana uma proposta para regulamentar o serviço de
internet pela rede elétrica no país.

Como explicou Eduardo Kitayama, consultor técnico de vendas da
Panasonic Brasil, a empresa colocou três equipamentos em Barreirinhas,
em uma biblioteca pública, em um restaurante e em uma loja, onde as
conexões estão sendo feitas a uma velocidade de 200 Mbps -- hoje as
velocidades mais altas no país são a 30 Mbps.

Outros testes devem ser iniciados em 2009, segundo ele, também em
parceria com a Aptel. Em Recife (PE), por exemplo, elas deverão testar
o PLC em um novo empreendimento imobiliário que está em fase de
construção.

Antes mesmo da regulamentação, algumas concessionárias de energia já
realizaram testes da tecnologia em suas regiões. Esse é o caso, por
exemplo, de estados como Rio Grande do Sul, Paraná e São Paulo.

Complemento

De acordo com Kitayama, o PLC poderá ser um complemento a outras
tecnologias de conexão, como o Wi-Fi, especialmente em regiões onde a
rede fixa de telefonia não esteja presente. "Dos 58 milhões de
domicílios existentes no Brasil, 20 milhões não têm rede de telefonia
fixa. Já a energia elétrica está em 99% das casas", comparou.

Nas grandes metrópoles, especialmente em prédios antigos, o PLC também
pode ser uma alternativa à uma infra-estrutura já obsoleta e
congestionada, por exemplo.

Os modems da Panasonic são fabricados na Malásia e no Japão. No Brasil,
entretanto, "a tecnologia é nova e ainda desconhecida do consumidor
final". Kitayama espera, no entanto, que "a partir de 2009 comece a
existir uma certa demanda" e, quando ela o justificar, a empresa poderá
nacionalizar a sua produção. "É preciso ter volume para justificar a
fabricação".

A companhia já vende modems para conexões pela rede elétrica em seu
próprio país de origem, além de nos Estados Unidos, México e algumas
nações da Europa. No Japão, explicou ele, "o modem PLC já é vendido nas
prateleiras das lojas".

A empresa também planeja a conexão de equipamentos através desta
tecnologia. No Japão, por exemplo, um interfone é conectado a uma TV de
plasma e, com a conexão via PLC, permite ao morador ver a imagem da
pessoa que está batendo em sua porta.

Como admite que "a escassez de energia é uma preocupação", Kitayama
afirma que o PLC poderá, inclusive, ajudar no controle de gastos de
cada eletrodoméstico se estiverem conectados aos medidores de consumo
da concessionária de energia.


http://g1.globo.com/Noticias/Tecnolo...8-6174,00.html

_________________
abcid  Associação Brasileira de Centros de Inclusão Digital
  Diretor de Divulgação e Mídia Digital ABCID
  http://www.abcid.org.br   /  http://www.portaldaslans.com.br

avatar
Alexandre
Admin
Admin

Masculino Número de Mensagens : 942
Idade : 47
Localização : Serra Negra - SP
Nome de sua Lan House : Open World Internet & Café
Ano da Abertura : 2003
Data de inscrição : 14/07/2007

Ver perfil do usuário http://www.openworldsn.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

- Tópicos similares
Compartilhar este artigo em: BookmarksDiggRedditDel.icio.usGoogleLiveSlashdotNetscapeTechnoratiStumbleUponNewsvineFurlYahoo!Smarking

Empresa japonesa testa internet via rede elétrica no Brasil :: Comentários

Mensagem em 31/8/2008, 08:56 por indaia1509

Adoraria ver isso implantado e seria uns dos primeiros a adotar. DETESTO O NOME TELEF***** atendimento de M****.
Monopolio só aqui mesmo no BRASIL.
Desculpem o desabafo.....

Voltar ao Topo Ir em baixo

avatar

Mensagem em 23/2/2009, 18:19 por val

E mais isto siginifica aseso muito mais fasio para todos ou fim das lan porque todos tem energia so um poucos que nao tem em sua casa entao e so compra um pc vinanciado em 10000xe colocar net nao vai ter que ver sina sua area pega ou nao todo lugar onde tem energia pegara

Voltar ao Topo Ir em baixo

avatar

Mensagem em 21/3/2009, 14:36 por NIHONLH

Tomara que de certo, eu usava net de 100 megas no Japão e pagava super barato em um serviço sem falhas.
Chegar aqui e ter 1mega pagar um absurdo por uma porcaria que esta sempre dando problemas.....afff

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mensagem em 17/2/2011, 20:08 por NATANAEL

TOMARA QUE ISSO DESINCANTA LOGO, O MOÇO DISSE QUE NO JAPÃO ELE
PAGAVA BARATO EM 100 MEGA, EU TÔ QUASE DESISTINDO DA MIHA QUE É 1 MEGA
PORQUE NÃO TÔ CONSEGUINDO PAGAR, SERÁ QUE O GOVERNO DO BRASIL NÃO
TEM VERGONHA DE SER TÃO ATRASADO ASSIM?

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mensagem  por Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum